sexta-feira, 10 de março de 2017

Torpedo

Scanmaniacs

Scanmaniacs

O mais canalha dos personagens que já apareceu nos quadrinhos e talvez na ficção em geral, Luca Torelli, vulgo Torpedo, é a prova de que os fins justificam os meios. Mas no seu ramo de "negócios" é algo perigoso você acabar se apaixonando por uma garota, principalmente para um assassino como ele. E ainda, no submundo não existe inimigo pequeno e Torpedo vai aprender isso hoje!
Scanmaniacs

Scanmaniacs

O ano é 1929, em plena grande depressão. Torpedo, sempre andando à margem da lei, a experiência o ensinou que é preciso vestir-se com elegância. Todo assassino que se preze deve andar com os sapatos bem engraxados. É preciso ser ou não ser, como dizia aquele inglês maluco. Gravata e camisa de seda, terno sob medida roupas de baixo com as iniciais, é preciso pensar em tudo. É a vida. Nunca esquecer a gorjeta. É fundamental. Sempre dar gorjeta, mesmo aos engraxates. Principalmente aos engraxates. E disso ele pode falar com conhecimento de causa. Ele começou como engraxate no submundo de Nova Iorque. Os tempos eram outros, naturalmente..
Scanmaniacs

Scanmaniacs

Neste segundo álbum, o leitor vai ficar conhecendo melhor Luca Torelli, ou como ele é mais conhecido - Torpedo, um assassino profissional da pior espécie, frio, lúgubre, sem piedade, para quem um contrato é um contrato, mesmo que seja preciso abater o seu melhor amigo. Mas, por detrás desse sórdido criminoso, há o retrato de um pequeno emigrante que, na "terra das oportunidades", só conheceu o medo, a miséria, a violência e a segregação racial. Sigam Torpedo nas suas aventuras, mas cuidado... não se aproximem muito dele.

Nenhum comentário: