sábado, 17 de junho de 2017

Lançamentos IV

Scanmaniacs

Scanmaniacs

A história verdadeira, e definitiva, de uma lenda da televisão. “50 Anos de Jornada Nas Estrelas” é a inacreditável narrativa sem censura nem cortes por trás de um dos maiores fenômenos da cultura pop. É a crônica sem meias-palavras dessas cinco décadas de aventuras intergalácticas, contada pelas pessoas que tornaram tudo isso possível. Edward Gross e Mark A. Altman, dois dos maiores especialistas mundiais em ficção científica, ouviram centenas de produtores de cinema e TV — entre eles Gene Roddenberry, o controverso e genial criador da série — executivos de emissoras de televisão, roteiristas e membros do elenco como William Shatner, Leonard Nimoy e Nichelle Nichols, que interpretaram respectivamente os inesquecíveis capitão Kirk, Sr. Spock e tenente Uhura. Esses profissionais emblemáticos revelam fatos inéditos — muitos deles surpreendentes — completados com a reprodução de trechos de cartas, roteiros alterados e memorandos internos trocados entre a equipe nunca antes revelados e que lançam uma nova luz sobre a série, seus personagens e os homens e mulheres que a levaram para as telas.
Scanmaniacs

Scanmaniacs

Vamos conhecer a história do Dr. Griffin , um jovem cientista que descobriu o processo químico para se tornar invisível. Para completar seus estudos ele se fixa num pequeno lugarejo, e após testar em sí mesmo a fórmula da invisibilidade e sendo incapaz de reverter o processo, começa a adquirir estranhos hábitos, principalmente o de andar enfaixado e com muita roupa. Acossado pelos moradores, incapaz de lidar com o poder que a invisibilidade lhe confere, ele caminha gradualmente a um estado de violência e intolerância. Uma brilhante história sobre ambição, horror, e a capacidade da ciência de corromper as pessoas quando usada de forma abusiva.
Scanmaniacs

Scanmaniacs

Uma jovem solitária começa a manifestar misteriosos poderes e tenta conseguir algum tipo de controle de suas habilidades. Ela encontra serenidade nos confins de um culto cheio de pessoas idealistas como ela... ou era o que ela pensava. Agora cabe ao Superman e seus novos poderes elétricos, salvá-la do propósito sinistro do líder do culto.

Nenhum comentário: